Como Plantar Pimentão

O pimentão é uma hortaliça muito comum para os brasileiros, ele pertence a família das solanáceas e, por isso, é irmão das pimentas e primo do tomate, jiló, berinjela e batata. Ele é um fruto de origem americana, podendo ser encontrado naturalmente desde o sul dos estados Unidos até o Chile. Encontramos no mercado pimentões de diversas cores: amarelo, vermelho, verde e até roxo. Cores pra ninguém botar defeito!
E o cultivo em casa? É possível, sim! Vamos te mostrar o passo a passo para não ter erro no cultivo caseiro do pimentão.


Onde plantar - Ambiente


O pimentão é uma planta de origem tropical, então, o calor é muito bem-vindo! Temperaturas amenas a altas são ideais e sol de 4 a 5 horas por dia. Se o cultivo for em apartamento, escolha o lugar mais ensolarado da casa. Este é o primeiro passo para o cultivo de horta, como explicamos aqui.
E mais uma dica muito importante neste tópico! Cuidado com o frio intenso e geadas, proteja o seu pé de pimentão, principalmente nas fases iniciais quando a muda ainda está em formação.


Substrato


O pimentão é uma planta arbustiva, que pode ultrapassar 1 m de altura, portanto atenção na escolha do vaso. Ele precisa ter profundidade para que as raízes tenham espaço para crescimento. Vaso como o pétala, é uma excelente opção!
O substrato para plantio é o de textura média rico em nutrientes. Para isso você pode misturar 60% de terra vegetal com 40% de areia, para enriquecer o substrato pode adicionar adubos orgânicos. E se preferir um substrato pronto, já com os nutrientes, pode também.


Semente


Na escolha das sementes, observe qual a cor do pimentão e formato, temos diversos tipos no mercado, escolha a que mais te agrada. Se for comprar, atente-se para a validade das sementes e recomendações.


Como plantar?


O plantio pode ser realizado diretamente no vaso definitivo em que o pimentão será cultivado ou é possível fazer mudas para depois replantar. Os dois métodos estão corretos. Fazer as mudas antes, é bem importante para plantios na terra.
Faça pequenos buracos no substrato e coloque de 2 a 3 mudas, cubra com pouca terra, lembre-se que a semente é pequena e não tem muita força. Cuide sempre da umidade e de preferência regue com uso de regador ou borrifador, para evitar fazer buracos e atrapalhar a germinação.
Se mais de uma semente germinar, faça o desbaste e deixe apenas uma por vaso.


Rega

As regas devem ser constantes, principalmente nas fases de germinação, florescimento e frutificação, períodos em que a planta necessita de mais água. Mas cuidado! A água não deve acumular, o excesso de água pode causar podridão.
Outro cuidado é evitar molhar os frutos, prefira sempre regar diretamente no substrato. Vasos com gotejamento ajudam, pois, a rega é embutida e não corre o risco de molhar flores ou frutos.


Adubação


O pimentão é uma planta exigente em nutrientes, a adubação é essencial e opções não faltam!
Pode ser utilizado adubos farelados como torta de mamona, farinha de ossos, esterco de frango ou bokashi sólido, nestes casos, eles devem ser espalhados ao redor da planta. Outra opção prática é o uso de adubos líquidos, como o bokashi líquido ou alquifish mel. As aplicações podem ser realizadas a cada 20 dias.


Pragas e doenças


As doenças e pragas são algumas visitantes do pimentão. O controle pode ser feito de forma orgânica utilizando repelentes naturais para espantar os pulgões, brasileirinhas e ácaros. Ao primeiro sinal de infestação, aplique produtos como o Pironim coentro, para afastar as pragas.
No caso das doenças, o controle, também orgânico, é o melhor remédio. Produtos a base de própolis e neem são ótimos no controle.
As aplicações podem ser feitas utilizando pulverizadores de mão, seguindo a recomendação do fabricante.


E para finalizar, algumas dicas matadoras!

 

  • O pimentão precisa ser tutorado para manter a planta ereta. Pode ser utilizado estacas de madeira de aproximadamente 80 cm fincadas no vaso ou terra. A medida que a planta for crescendo é só amarrar a planta junto à estaca com auxílio de barbante ou fitilho.
  • Mantenha a adubação em dia! Planta bem nutrida evita o ataque de pragas e doenças!
  • Não cultive junto com tomate e batata, nem utilize o mesmo vaso, como são da mesma família, é fácil espalhar doenças.
  • Para plantar em regiões frias, dê preferência para o cultivo nos meses mais quentes do ano. Em regiões muito quentes, prefira os meses mais amenos.
  • Com todas estas dicas e cuidados, em torno de 90 dias do plantio você já vai poder colher pimentões fresquinho direto de casa!
  • E para colheita, utilize tesoura de poda para um corte rápido, certeiro sem machucar o seu pé de pimentão.